Seguidores

sexta-feira, 20 de março de 2015

Céu Azul


No azul a esperança está
O mesmo azul que vem me arrebatar
Azul que me faz viajar
Além do céu ou até mesmo do mar

O dourado que brilha
Como raios de sol
No mais, a noite
Um intenso farol

Não há distância
Não há nada!
O farol irá me guiar
Novamente terra firme irei encontrar

O relógio que bate
Incessantemente
Deixa para traz tudo aquilo
Que não merece ser lembrado

Não há nada além 
Do imenso céu azul
É onde quero chegar
Não há nada além disso




3 comentários:

  1. Recebi o post por e mail, obrigada. Poema de muita sensibilidade!
    Abraços,
    Sandra

    ResponderExcluir
  2. Olá, Visitei e adorei o seu blog. Gostei muito dos seus textos e li vários trechos da sua exposição e conteúdo. . Fiquei bem animada e daqui pra frente, estarei sempre por perto vendo as novidades.
    Venha conhecer o meu Blog também. Tenho certeza que vai gostar http://www.oslivrosdaminhabiblioteca.blogspot.com.br/
    Um grande abraço. NILDA

    ResponderExcluir